Desmistificando o tabu do #nº 2

Você pode até ter vergonha de falar sobre cocô, mas a verdade permanece a mesma: todo mundo faz. Nós, da PAMPAM, explicamos a importância de falar sobre o assunto que faz parte da rotina de todos. Desta vez, vamos mostrar que o #nº 2 já não é um tabu para você. 

Em um estudo da Revista Escandinava de Gastroenterologia lá em 2010, apontava-se que 98% das pessoas dos grupos analisados iam ao banheiro, em média, de três vezes por semana até três vezes ao dia após as refeições. 

Mudar a forma em que você lida com o ato de esvaziar os intestinos é essencial para entender que existem problemas de saúde atrelados ao tema. E o seu cocô diz muito sobre sua saúde! Não é à toa que alguns médicos pedem exames de fezes regularmente.

Falar sobre o #nº 2 é pegar parte do seu tempo para verificar a saúde do seu corpo e analisar o status do seu sistema digestivo. Por exemplo: caso você se sinta nauseado e o cocô flutuar, é uma indicação de que seu corpo não está digerindo as gorduras tão bem quanto deveria.

A prisão de ventre e a diarreia também são sinais que você deve ficar alerta com o #nº 2. Cerca de 30% da população brasileira sofre com constipação intestinal, o que gera desconforto e pode ser sintoma de doenças mais sérias. O ideal é consultar um médico ou profissional da saúde para um diagnóstico mais preciso. 

Ir ao banheiro é um momento natural e espontâneo do seu dia a dia. Não ignore este chamado, seja na casa de amigos, no trabalho, na viagem. A ansiedade de estar longe da privada de casa não pode ser um motivo para afetar sua rotina e saúde. 

E quando o seu corpo chamar, PAMPAM estará lá para te acompanhar e perfumar este momento!

Chega de Tabu!  

A PAMPAM combina óleos essenciais naturais para bloquear os odores sanitários. A solução perfeita para acabar com a insegurança de fazer suas necessidades no trabalho ou onde estiver. 

São dois aromas e dois tamanhos para te acompanhar. A embalagem é atraente e simples de usar: basta borrifar de 3 a 5 vezes no vaso antes de usar e pronto! 

PAMPAM, antes de fazer e ninguém vai saber! 

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados