FRETE GRÁTIS PARA COMPRAS ACIMA DE R$ 50,00. APROVEITE!

Descubra o que seu cocô fala sobre você

de César Komoti em August 13, 2021
Composto por até 75% de água, cada grama de cocô pode conter de 1 trilhão até 10 trilhões de bactérias e, em meio a isso, revelações importantes sobre a saúde do seu sistema digestivo.

Você finaliza o nº2, fecha o vaso sanitário, aciona a descarga e segredos sobre você navegam sem destino por água abaixo. Engana-se quem pensa que o cocô é apenas um aglomerado de bactérias menosprezadas pelo organismo. Ele diz muito sobre você.

Composto por até 75% de água, cada grama de cocô pode conter de 1 trilhão até 10 trilhões de bactérias e, em meio a isso, revelações importantes sobre a saúde do seu sistema digestivo e sinalizações sobre a necessidade de dieta.

Mas, afinal, como identificar um nº2 perfeito e saudável?

 

À procura do cocô ideal

Embora não exista uma definição em comum entre os médicos sobre essa perfeição, podemos analisar questões como frequência, tamanho, formato, flutuação e, por fim, o esforço para botar para fora o que o cocô tem a dizer.

Fazer nº2 todos os dias, sem muito esforço,já é um ótimo sinal que as coisas vão indo bem aí dentro. Mas o importante mesmo é analisar o formato que o cocô sai por aí falando de você. Ao todo, são sete formatos:

  1. Cocô líquido: revela que a alimentação está em total desordem. Beba bastante água, procure alimentos limpos e, sobretudo, ricos em fibras.
  2. Cocô mole com líquido: alerta sobre o início de uma diarreia ou alta ingestão de gordura.
  3. Cocô mole: não fala mal do corpo desde que não se repita nos próximos dias.
  4. Cocô longo e irregular: alerta de constipação, doença que afeta 80% das pessoas em algum momento da vida.
  5. Cocô pequeno, duro e difícil de sair: exemplo de um cocô que não se entrega fácil, mas ao sair revela que seu intestino está preso e necessitado de água e fibras.
  6. Cocô comprido com rachaduras: praticamente saudável, só tem a falar bem de você.
  7. Cocô em forma de salsicha, rígido que desliza fácil: enfim, o cocô perfeito que só leva lembranças de uma boa alimentação.

Atenção: ao contrário do que pode se pensar, aquele cocô imponente, que boia antes de dar tchau, não está dizendo coisas boas sobre você.

Cocô que boia significa excesso de gases ou falta de absorção de nutrientes durante o processo digestivo.

Para mudar esse relacionamento e ser bem falado por aí, você precisa saber de uma coisa.

 

Como conquistar o cocô ideal.

Que beber água e consumir fibras é fundamental para um cocô de respeito, agora você já sabe. Mas descobrir a quantidade e as melhores fontes de fibras é determinante para um relacionamento saudável entre você e o nº 2.

Consumir diariamente de 25 a 30 gramas de fibras é um ótimo hábito para atender ao chamado da natureza.

As fibras não são absorvidas pelo organismo e contribuem para o formato e a rigidez saudável do cocô.

Confira esse top 3 de alimentos para um cocô perfeito e sem segredos:

  1. Farelo de aveia

A aveia possui incríveis 10% de fibra sem sua composição. Além de estimular o crescimento de bactérias boas na flora intestinal, possui beta-glucana, que equilibra o colesterol, a glicose e colabora na consistência perfeita das fezes.

Aveia é tão benéfica ao organismo que é muito comum ver atletas de alta performance usá-la como peça chave de uma boa dieta.

  1. Mamão

Depois que ele chega, o intestino entra em ordem e os burburinhos são colocados para fora.

Além de ajudar na prisão de ventre, o mamão possui grande quantidade de papaína, uma enzima digestiva que acelera a digestão e ajuda o cocô a deslizar com mais facilidade.

  1. Ameixa

A ameixa é daquelas amigas que te ajudam nas horas mais difíceis.

Além de auxiliar na absorção de água durante a formação do bolo fecal, tem sorbitol, que ajuda a formar a consistência do cocô perfeito para tornar a despedida do nº 2 mais tranquila e menos sufocante.

 

Diga adeus aos burburinhos que o nº 2 pode causar

Não adianta seguir todas essas dicas e no final acabar sendo motivo de burburinhos por aí por causa de um descuido na hora do nº 2.

Perfeito ou não, é normal que o cocô tenha mau cheiro, mesmo com o consumo adequado de fibras.

Por isso, é muito importante contar com um bloqueador de odores que garanta segurança.

PamPam é um bloqueador de odores que ao ser borrifado 5 vezes na água cria uma película que isola o mau cheiro e perfuma todo o ambiente.

Você escolhe entre o aroma de Lavanda, Cítrus ou simplesmente pode levar os dois para casa.

PamPam é um verdadeiro cala boca naquele cocô mal-intencionado que pode estragar a sua reputação.

Portanto, lembre-se, nº 2 perfeito, saudável e sem burburinho é só com PamPam.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Os comentários devem ser aprovados antes de aparecer